26 de jun de 2014


É chique ou não é?

A temporada de moda masculina internacional continua, Paris acabou de desfilar seus primeiros estilistas, mas não dá pra ficar indiferente ao que foi apresentado até aqui; os bureaus de tendências foram bem diretos ao se tratar do que os rapazes vão calçar na próxima temporada, a de primavera/verão 2015, no caso. Pra quem não tem conhecimento, empresas como a WGSN ou a Style Sight são responsáveis por disseminar ideias e direções para as marcas, em todas as estações, tudo baseado em pesquisas aprofundadas de moda, arte e cultura ao redor do globo. 

Falar desses desfiles e não comentar a profusão de sandálias de dedo nos pés dos rapazes é quase uma loucura. A cada nova apresentação, uma nova chinelinha surgia na passarela, fixando a proposta do conforto cool. É certo que nas ruas a “tendência” já tinha ganhado força faz tempo, provando mais uma vez que o street é, atualmente, um dos maiores influenciadores da passarela. 

O caminho é misturar o melhor da alfaiataria com o frescor das sandálias. Cada estilista com o seu modelo, mas sempre com dedinhos de fora. Nem mesmo grifes como Prada ou Dolce & Gabbana, que costumam se desvencilhar de propostas em comum em busca de outras possibilidades, se renderam ao mood do verão. Aqui no Brasil esse tipo de calçado foi usado aos montes nos anos 80 e 90 sob o domínio fashion da Rider. Esse é o momento de tirar a peça do fundo do baú e aproveitar o estilo que ela representa. O Homem e a Moda curte muito, tanto que listou as marcas que desfilaram (até agora) as chinelas com fotos corridas, pra você ter noção da grandiosidade da proposta. ; )

Dolce & Gabbana + Dsquared 2

Fendi + Frankie Morello

Giorgio Armani + Iceberg

Missoni + MSGM

Nº 21 + Philipp Plein

Prada + Richard Nicoll

Salvatore Ferragamo + Versace + Vivienne Westwood

Agi sam + Andrea Incontri + DKNY

Nenhum comentário: